75% DOS PROJETOS DE GERAÇÃO DISTRIBUÍDA DESENVOLVIDOS NO BRASIL SÃO PARA ÁREAS RESIDENCIAIS

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Os consumidores residenciais lideram o ranking do uso de energia solar fotovoltaica na geração distribuída. Dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) apontam que 75% dos projetos desenvolvidos no Brasil são para áreas residenciais. A busca cada vez maior por esse sistema deve-se pelo fato de ser uma energia limpa e focada na sustentabilidade, sem contar que os projetos chamam a atenção por suprirem quase a totalidade do consumo de energia.

O número de sistemas de energia solar em funcionamento saltou de 8,7 mil para 111 mil no Brasil, nos últimos seis anos.

Para a instalação do sistema não é exigido obra, nem quebra-quebra. Uma instalação média demanda apenas alguns dias de atividade e a produção de energia depende do tamanho da área para a instalação dos painéis e do índice de radiação das cidades. O inversor faz a conversão da energia para o formato desejado, sem necessidade de alteração das instalações. Caso o consumidor não utilize toda a energia produzida, o excedente é injetado na rede e rende créditos.

Fonte: Portal Solar

Veja mais